Seu Navegador não tem suporte a esse JavaScript!
 
Data: 04/05/2012 Hora: 09:00:00
Jardim Santa Cândida
Webline Sistemas

Ao falar do “Jardim Santa Cândida”, forçosamente, vê, à lembrança todas as imagens e recordações da fazenda que lhe emprestou o nome, bem como os nomes dos antigos proprietários, administradores, fiscais, peões, braçais que, dada à sua proximidade com o centro urbano, transitavam amiúde e participavam ativamente de nossa vida social.

Quem adentra o átrio do Hospital de Agudos, depara-se a contemplar, curioso, uma variedade de quadros de seus beneméritos- homens sérios – homens sérios, altivos que inspiram respeito e serena autoridade-, dentre os quais o Dr. Fábio Leite Guimarães, cujos méritos fizeram também merecer a denominação da Rua onde se localiza aquele mesmo nosocômio (hospital).

Um pouco da história: A primitiva fazenda Santa Cândida não era a única propriedade da família Guimarães no município de Agudos, e como as demais, era cuidadosamente mantenedora das tradições das épocas as quais atravessou, notadamente no ciclo áureo do café quando mostrou o ápice do se esplendor. O Dr. Fábio e o Dr. Troylus eram homens cultos, diligentes, muito conceituados e acima de tudo muito atenciosos. Sabiam escolher e amoldar seus colaboradores, dando-lhes a retaguarda necessária garantindo sucesso nos empreendimentos. Geraram muito emprego, muita produção, conforto e fartura para os residentes de sua propriedade, com as impecáveis “colônias”.

A vinda da Pirâmide: Homens de negócios provenientes de Americana (SP) adquiriram a Fazenda Santa Cândida. Tão logo o fizeram, vimos nascer a “Pirâmide”, loteadora que destacou uma grande área d e inaugurou o Jardim Santa Cândida. As dimensões dos lotes propiciam a formação de pequenas chácaras (lote padrão = 1000 ), cuja novidade e impulsos iniciais muito empolgaram os primeiros adquirentes, sendo lugar comum o investimento em vários lotes pegados, propiciando uma chácara maior, evidentemente. As exigências contendidas na legislação referente do solo (Lei Federal no. 6.766/79, especialmente), como por todo sabido, devem ser obedecidas, e, embora a “Pirâmide” tenha dado cunho de legalidade ao empreendimento, mais se preocupou em vender seus lotes que cumprir suas obrigações que não tardou em causar-lhe problemas.  Hoje, o bairro está totalmente asfaltado e com infra-estrutura, graças à administração do atual Prefeito Everton Octaviani, que atendeu centenas de clamores populares e hoje é realidade e mais uma obra cumprida.

 

Enviar esta notícia para um amigo

Reportar erro